Reconhecer-se: Um lugar de encontro

272

Apesar da dificuldade que é resumir em palavras o que se sentiu ao fazer uma experiência, vamos tentar traduzir um pouco do que foi experienciado durante o primeiro ciclo de atividades do projeto Ser e Transcender no Centro para Criança e Adolescente (CCA) Conosco.

Tentaremos exprimir o que foram esses primeiros dias através do sorriso de crianças, adolescentes, familiares e educadores nas fotos, somadas ao relato da Leka Paim, coordenadora educativa do projeto.

“Há sempre expectativa e ansiedade quando uma nova atividade se inicia. E “Reconhecer-se para reconhecer”, desde sua preparação, onde os pensamentos ‘voavam’ de um grupo a outro que iria vivenciar estes momentos (educadores, crianças e familiares) até chegar neste primeiro encontro chamado de “Um lugar de encontro”, voltado aos educadores primeiramente, para mim foi tomado de muita responsabilidade, emoção e ao mesmo tempo de muita alegria, pois ao pensar em fazer uma “viagem” através da Arte que foi pensada como: lugar de encontro; elemento transformador; sensibilidade e emoção; reconhecimento de si para entrar encontrar o outro e o mundo… Eu mesma me vi fazendo a viagem e descobrindo o quanto é belo e confortante deixar os conceitos formais sobre Arte um pouquinho de lado e focar naquilo que é especifico de nosso projeto: O ser humano em sua integralidade, que se reconhece a partir do encontro com o outro e do encontro através da Arte. 

Foi surpreendente ver a reação dos educadores na primeira atividade, a aceitação e o modo que cada um vivenciou de forma agradável este momento. 

Impressionante a reação dos adolescentes em saber que o papel da Arte é também aquele de transformar.

E, sobre os familiares, o que dizer? Direi que, para muitos, a viagem só começou, pois se viram compartilhando a mesma emoção vivida pelos adolescentes e educadores.

Então, posso dizer que a viagem através da Arte iniciou-se bem e carimbou seu primeiro visto, o visto da alegria de um
reconhecer-se, de um encontro que transforma.”

Leka Paim, coordenadora criativa do projeto Ser e Transcender.

Para dar continuidade a essas atividades, precisamos da sua ajuda. Quer apoiar essa causa? Saiba como clicando aqui.